Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, Música, Gastronomia, livros, etc e tal...

de_talfulana@yahoo.com.br










O QUE JÁ TOCOU AQUI:
* How deep is you love - Bee Gees
* Amor I love you - Marisa Monte
* Nada sei - Kid Abelha
* Só hoje - J. Quest
* Face Oculta - Araketo
* Ai que saudade d´ocê - Raimundo Fagner
* Então é Natal - Simone
* Marcas do que se foi - The Fevers
* O Amanhã - Simone
* Chuva de Prata - Gal Costa
* O girassol - Ira !
* Musa de Verão - Felipe Dylon
* My heart will go on - Celine Dion
* Rainy days on Mondays - Carpenters
* Como eu quero - Kid Abelha
* Vamos fugir - Skank
*She´s my girl - Morris Albert
* I can´t stop lovin you - Ray Charles
* Volta para mim - Roupa Nova
* Flor do Reggae - Ivete Sangalo
* Always on my mind - Elvis Presley
* Beija Flor - Marina Lima

HOJE TOCA
* A Cumplice - Fabio Junior

Fabio Junior - A Cumplice







.:: Layouts Brasil ::.

Divulgue o seu blog!

EU TENHO
AUTOCRÍTICA



Histórico:

- 01/09/2009 a 30/09/2009
- 01/08/2009 a 31/08/2009
- 01/07/2009 a 31/07/2009
- 01/06/2009 a 30/06/2009
- 01/05/2009 a 31/05/2009
- 01/04/2009 a 30/04/2009
- 01/03/2009 a 31/03/2009
- 01/02/2009 a 28/02/2009
- 01/01/2009 a 31/01/2009
- 01/12/2008 a 31/12/2008
- 01/11/2008 a 30/11/2008
- 01/10/2008 a 31/10/2008
- 01/09/2008 a 30/09/2008
- 01/08/2008 a 31/08/2008
- 01/07/2008 a 31/07/2008
- 01/06/2008 a 30/06/2008
- 01/05/2008 a 31/05/2008
- 01/01/2008 a 31/01/2008
- 01/12/2007 a 31/12/2007
- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/10/2007 a 31/10/2007
- 01/09/2007 a 30/09/2007
- 01/08/2007 a 31/08/2007
- 01/07/2007 a 31/07/2007
- 01/06/2007 a 30/06/2007
- 01/05/2007 a 31/05/2007
- 01/04/2007 a 30/04/2007
- 01/09/2006 a 30/09/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/05/2006 a 31/05/2006
- 01/04/2006 a 30/04/2006
- 01/03/2006 a 31/03/2006
- 01/02/2006 a 28/02/2006
- 01/01/2006 a 31/01/2006
- 01/12/2005 a 31/12/2005
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/10/2005 a 31/10/2005
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005
- 01/07/2005 a 31/07/2005
- 01/06/2005 a 30/06/2005
- 01/05/2005 a 31/05/2005
- 01/04/2005 a 30/04/2005
- 01/03/2005 a 31/03/2005
- 01/02/2005 a 28/02/2005
- 01/01/2005 a 31/01/2005
- 01/12/2004 a 31/12/2004
- 01/11/2004 a 30/11/2004
- 01/10/2004 a 31/10/2004
- 01/09/2004 a 30/09/2004
- 01/08/2004 a 31/08/2004
- 01/07/2004 a 31/07/2004
- 01/06/2004 a 30/06/2004
- 01/05/2004 a 31/05/2004
- 01/04/2004 a 30/04/2004
- 01/03/2004 a 31/03/2004
- 01/02/2004 a 29/02/2004
- 01/01/2004 a 31/01/2004



Outros sites:

- Flogão da Laís - minha filha
- Proibido é Melhor
- Milton Toshiba - Blog
- Ponto e Apronto , da Cris
- Bem Familia, da Lila
- Aperte o F... - do Fernando
- 100 querer - Luci
- Coisas lindas de Kaká
- Blog do Saraiva
- Astrologia para vc -
- Espelho Feminino - Mércia
- E o kiko tenho haver com isso?
- Querido Leitor


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:



Feliz Aniversário para mim !!!!!!!!!!!!!

Hoje é Meu Niver!!!Obaaaaaaaaaa

Que bom que vc veio para comer um pedacinho de bolo comigo! Hoje eu não poderia deixar de vir aqui para dividir minha alegria de estar completando mais um ano de vida, com saúde e ao lado da minha família.

O clima aqui em casa é de mistéééério... não sei o que estão aprontando para mim, mas hoje a noite, com certeza eu vou saber.   E tem mais, hoje é o primeiro aniversário da série daqui de casa, pois na sequencia vem o meu filhote que completa 18 anos, (dia 03 de setembro) e depois da minha filhotinha (05 de setembro) que vai completar seus tão sonhados 15 anos.   Ou seja, hoje é apenas o início da festa que vai durar até o dia 17 de setembro, onde comemoremos todos os aniversários juntos !   Estou muito feliz, pois a alegria deles é a minha alegria.

E para vcs, queridos amigos, obrigada pela visita!!



- Rabiscado por: Fulana de Tal às 23h06

[ ]





Conta de telefone

Novamente a conta de telefone estourou os limites permitidos pela tolerancia e pelo bolso !!!!!   Como é dificil conter os ímpetos adolescentes que passam horas no telefone!   Já havia pedido para diminuir o tempo, diminuir a quantidade de ligações, enfim, colaborar no orçamento doméstico, que este mês, com a festa de aniversário que estamos preparando, está muito apertado.   Mas, quando a conta chegou.... a casa caiu.  Resultado:  bloqueador de celular ativado !!!!   Agora, ligações só com autorização.    É o unico jeito que restou para não irmos à falencia.

Chega de contas altas !  Abaixo o bate-papo !  Agora é a CPI do telefone, pois eu não tenho malas de dinheiro e nem recebo mensalão para pagar as contas.



- Rabiscado por: Fulana de Tal às 19h37

[ ]





Alô, grande pai !!!!

É exatamente assim, que eu imagino vc no futuro:  fazendo (e bem) tudo aquilo que seu filho faz - e de igual para igual -   Com alegria, harmonia, saúde e paz.

Tenha um lindo dia dos Pais



- Rabiscado por: Fulana de Tal às 01h06

[ ]





O sonho dos ratos

 


Era uma vez um bando de ratos que vivia no buraco do assoalho de uma casa velha.
Havia ratos de todos os tipos: grandes e pequenos, pretos e brancos, velhos e jovens, fortes e fracos, da roça e da cidade. Mas ninguém ligava para as diferenças, porque todos estavam irmanados em torno de um sonho comum: um queijo enorme, amarelo, cheiroso, bem pertinho dos seus narizes.

Comer o queijo seria a suprema felicidade...

Bem pertinho é modo de dizer. Na verdade, o queijo estava imensamente longe, porque entre ele e os ratos estava um gato... O gato era malvado, tinha dentes afiados e não dormia nunca. Por vezes fingia dormir. Mas bastava que um ratinho mais corajoso se aventurasse para fora do buraco para que o gato desse um pulo e, era uma vez um ratinho...

Os ratos odiavam o gato e quanto mais o odiavam mais irmãos se sentiam.   O ódio a um inimigo comum os tornava cúmplices de um mesmo desejo: queriam que o gato morresse ou sonhavam com um cachorro...

Como nada pudessem fazer, reuniram-se para conversar. Faziam discursos, denunciavam o comportamento do gato (não se sabe bem para quem), e chegaram mesmo a escrever livros com  a crítica filosófica dos gatos. Diziam que um dia chegaria em que os gatos seriam abolidos e todos seriam iguais.

"Quando se estabelecer a ditadura dos ratos", diziam os camundongos, "então todos serão felizes"...
- O queijo é grande o bastante para todos, dizia um.
- Socializaremos o queijo, dizia outro.

Todos batiam palmas e cantavam as mesmas canções.
Era comovente ver tanta fraternidade.
Como seria bonito quando o gato morresse!
Sonhavam...
Nos seus sonhos comiam o queijo. E quanto mais o comiam, mais ele crescia.
Porque esta é uma das propriedades dos queijos sonhados: não diminuem: crescem sempre.
E marchavam juntos, rabos entrelaçados, gritando: "o queijo, já!"...

Sem que ninguém pudesse explicar como, o fato é que, ao acordarem, numa bela manhã, o gato tinha sumido.
O queijo continuava lá, mais belo do que nunca. Bastaria dar uns poucos passos para fora do buraco.
Olharam cuidadosamente ao redor. Aquilo poderia ser um truque do gato. Mas não era. O gato havia desaparecido mesmo.
Chegara o dia glorioso, e dos ratos surgiu um brado retumbante de alegria. Todos se lançaram ao queijo, irmanados numa fome comum.

E foi então que a transformação aconteceu.
Bastou a primeira mordida.
Compreenderam , repentinamente, que os queijos de verdade são diferentes dos queijos sonhados. Quando comidos, em vez de crescer, diminuem.
Assim, quanto maior o número dos ratos a comer o queijo, menor o naco para cada um. Os ratos começaram a olhar uns para os outros como se fossem inimigos. Olharam, cada um para a boca dos outros, para ver quanto do queijo haviam comido. E os olhares se enfureceram. Arreganharam os dentes.


Esqueceram-se do gato.
Eram seus próprios inimigos.
A briga começou.

Os mais fortes expulsaram os mais fracos a dentadas.
E, acto contínuo, começaram a brigar entre si.
Alguns ameaçaram a chamar o gato, alegando que só assim se restabeleceria a ordem.

O projeto de socialização do queijo foi aprovado nos seguintes termos:
"Qualquer pedaço de queijo poderá ser tomado dos seus proprietários para ser dado aos ratos magros, desde que este pedaço tenha sido abandonado pelo dono".

Mas como rato algum jamais abandonou um queijo, os ratos magros foram condenados a ficar esperando..
Os ratinhos magros, de dentro do buraco escuro, não podiam compreender o que havia acontecido. O mais inexplicável era a transformação que se operara no focinho dos ratos fortes, agora donos do queijo. Tinham todo o jeito do gato, o olhar malvado, os dentes à mostra.


Os ratos magros nem mais conseguiam perceber a diferença entre o gato de antes e os ratos de agora. E compreenderam, então, que não havia diferença alguma.
Pois todo rato que fica dono do queijo vira gato. Não é por acidente que os nomes são tão parecidos.
  ****Rubem Alves***

"Depois de  uma semana cheia de declarações bombásticas a respeito de caixa 2, valeriodutos, contas em paraísos fiscais, milhões, bilhões de reais que nunca chegamos a imaginar que pudessem  passar pelas mãos das pessoas que foram eleitas para governar para o povo, vemos que a historia é bem o retrato do momento pelo qual estamos passando. Triste fim de um sonho de milhões de brasileiros que acharam que este País ainda tinha conserto.



- Rabiscado por: Fulana de Tal às 22h10

[ ]





Nem tudo é fácil

 

Nem Tudo é Fácil

É difícil fazer alguém feliz,
assim como é fácil fazer triste.


É difícil dizer eu te amo,
assim como é fácil não dizer nada.


É difícil ser fiel,
assim como é fácil se aventurar.


É difícil valorizar um amor,
assim como é fácil perdê-lo para sempre.


É difícil agradecer pelo dia de hoje,
assim como é fácil viver mais um dia.


É difícil enxergar o que a vida traz de bom,
assim como é fácil fechar os olhos e atravessar a rua.


É difícil se convencer de que se é feliz,
assim como é fácil achar que sempre falta algo.


É difícil fazer alguém sorrir,
assim como é fácil fazer chorar.


É difícil colocar-se no lugar de alguém,
assim como é fácil olhar para o próprio umbigo.


Se você errou, peça desculpas...
É difícil pedir perdão?
Mas quem disse que é fácil ser perdoado?


Se alguém errou com você, perdoa-o...
E difícil perdoar?
Mas quem disse que é fácil se arrepender?


Se você sente algo, diga...
É difícil se abrir?
Mas quem disse que é fácil encontrar alguém que queira escutar?


Se alguém reclama de você, ouça...
É difícil ouvir certas coisas?
Mas quem disse que é fácil ouvir você?!


Se alguém te ama, ame-o...
É difícil entregar-se? Mas quem disse que é fácil ser feliz?!


Nem tudo é fácil na vida...
Mas, com certeza, nada é impossível...
Precisamos acreditar ter fé e lutar para que não apenas sonhemos,
mas também tornemos todos estes desejos, realidade!


****Cecília Meirelles ****

Sexta-feira, minha curta semana acabou.  Recomeçar um trabalho, após as férias, é difícil, assim como é fácil quando se faz aquilo que se gosta. 



- Rabiscado por: Fulana de Tal às 22h52

[ ]





Chegou a hora.  As ferias terminam hoje, e amanhã estou de volta ao batente.  Não fiz nada de  extraordinário, mas em compensação coloquei em ordem tudo o que eu não conseguia fazer por falta de tempo, arrumei gavetas, cozinhei comidinhas gostosas, acordei tarde, dormi tarde, andei a toa na rua sem me preocupar com o relógio, fiquei com a família, postei mais vezes, visitei meus amigos virtuais, enfim, tudo o que eu poderia fazer em casa.  Esse mes que se inicia, com certeza passará ultra rápido, primeiro por que faço niver no final do mes, e segundo porque na sequencia, vai vir os aniversários do Lucas, e os 15 anos da Laís.   Nesses dias eu adiantei o que pude, fotografos, filmagens, decoração, roupas, buffet, mas ainda faltam convite, som, e muitas outras coisinhas que sobram para a proximidade do dia.   Para Lucas, o que fizer tá bom, ele não dá palpite, mas Laís está superenvolvida, super entusiasmada, e reunindo as amiguinhas para dançar a valsa.  Eu, vendo esta animação toda, fico feliz, é claro.



- Rabiscado por: Fulana de Tal às 18h31

[ ]





*Esse layout é uma criação exclusiva de Fulana de Tal e YoJoe*

Image and video hosting by TinyPic